Escrito I – Parte 13

by F. Pergher

Parte 1 . Parte 2 . Parte 3 . Parte 4 . Parte 5 . Parte 6 .
Parte 7 . Parte 8 . Parte 9 . Parte 10 . Parte 11 . Parte 12 .

Os seis dias que antecederam a minha grande entrevista de emprego não passaram tão rápido quanto eu gostaria que tivessem. Talvez por ser a primeira semana de aula, horas pareciam demorar muito mais para passar do que o quanto realmente demoravam, e nesse meio tempo, eu acho que aprendia alguma coisa. Na noite de domingo – depois do que havia sido o primeiro final de semana que realmente pareceu com um final de semana em muito tempo, a infame campainha do apartamento tocou novamente. Foi imensa minha surpresa ao ver que, de todas as centenas de pessoas que sabiam onde eu morava, em minha porta estava ninguém menos do que o grande Hermes.

Convidei-o para entrar e ofereci algumas bolachas que haviam sobrado do final de semana. Eu estava preparado para mais uma conversa unilateral, como eram todas as que Hermes iniciava, mas dessa vez foi diferente. Ele começou com uma pergunta.

– Cara, o que tu sabe sobre eletrônica?
– Sei trocar a resistência de um chuveiro elétrico.

Eu não sabia trocar nem mesmo a resistência de um chuveiro elétrico. O que se seguiu foi uma conversa sobre um projeto de aparelho pretensioso que ele estava planejando, e o direito à palavra só voltou para mim quando ele decidiu direcioná-lo novamente.

– Antes da parte eletrônica, eu vou precisar da tua ajuda pra coletar uns negócios pra mim.
– Que tipo de negócios?
– Nada fora da lei, não te estressa. Tu só tem que chegar, pegar e trazer pra cá antes que dê problema.

Hermes conseguia causar-me arrepios de um jeito único, e dessa vez tão somente com a forma como ele pronunciou “problema”. Eu queria saber sobre o tipo de empreitada em que ele me colocaria antes de aceitá-la, mas já devia um grande favor a ele. Seria rude recusar.

– Tudo bem, eu só não quero ir pra delegacia de novo tão cedo.

Sua resposta foi apenas uma risadinha abafada. Combinamos que eu iria até a casa dele na noite da próxima sexta feira, depois do meu expediente. Senti-me aliviado ao fechar a porta, e em pouco tempo, fui dormir. Queria estar bem descansado tanto para a aula quanto para a entrevista.

 

Sofrendo de falta crônica de produzir material para postar aqui, então vou manter minha proposta original de terminar os textos que comecei antes de postar novos.
No mais, por pouco que tenha sido, escrevi praticamente todos os dias dessa semana, em um dos projetos-que-tinham-me-empolgado. E contando com essa, são nove semanas de postagens regulares. Me impressiona eu estar conseguindo conciliar isso com as outras coisas que tenho feito, e ainda ter a sensação de que poderia aproveitar melhor boa parte de meu tempo. Espero conseguir tornar essa vontade um fato
concreto.
E meus projetos vão se encaminhando pra área de concretização cada vez mais, tenho que manter esse ritmo também.

Advertisements