Sobre o fim das histórias pendentes e minha rotina de escrita.

by F. Pergher

Olá, fieis, infieis e eventuais leitores. Hoje não tenho nada de muito construtivo para escrever, já que na última semana passei uma parte considerável de meu tempo escrevendo. E desde a última sexta-feira, dia 04, mantive meu ritmo de duas mil palavras por dia. Praticamente 30% do mês já foi, e acredito que terei, ao final de julho, pelo menos terminado uma história.

História que começará a ser postada semana que vem. Não vejo motivos para não postá-la. São, até agora, vinte e seis capítulos, acredito que irei postar um ou dois por semana, dependendo de como andar meu fluxo criativo sobre outros projetos menores. De qualquer jeito, aqui vai um resumo de quanto eu escrevi durante o mês até agora, mais como uma prestação de contas pessoal.

Dia 01/07 – 2042
Dia 02/07 – 2093
Dia 03/07 – 2035
Dia 04/07 – 2024
Dia 05/07 – 2100
Dia 06/07 – 2079
Dia 07/07 – 2131
Dia 08/07 – 2267
Dia 09/07 – 2102
Dia 10/07 – 2307
Dia 11/07 – 2074

Na semana anterior, segundo o outro post, eu havia escrito exatas 14.017 palavras. Agora, o total de palavras do texto é de 29.077. Isso significa que ao longo da semana, foram 15.060 palavras escritas. O texto mais uma vez dobrou de tamanho em questão de dias.

Enfim, tirando essa parte extremamente pessoal, hoje termino/terminei de postar a última das histórias pendentes que estavam aqui no blog. Se tudo sair conforme meus planos, tão logo quanto eu terminar meu projeto para esse mês, retomo o projeto aqui identificado como Escrito I, na segunda história dele.

E, para não sair do protocolo, é mais uma sexta feira com posts regulares (tardios, é verdade, porém aqui estão). Caros leitores, até a próxima vez que eu decidir escrever novamente um texto pessoal.

Advertisements