Sobre trabalho pesado (ou não)

by F. Pergher

Olá, senhoras e senhores. O texto de hoje será extremamente objetivo, não vou nem chamar ele de texto pessoal. É mais uma atualização pessoal. Hoje, como vocês viram, verão ou já devem ter visto, comecei a postar um projeto novo aqui no blog. Se trata daquela história da qual eu venho fazendo propaganda faz tempo, e que está cada vez mais próxima de sua conclusão, embora eu não esteja muito certo sobre como vai ser essa conclusão. E muito menos sobre algum título.

No mais, tenho escrito, até agora, minhas constantes duas mil palavras por dia. Pretendo continuar nesse ritmo até o final do mês, e depois disso, continuar com, no mínimo, mil palavras. De qualquer história que seja. Enfim, tenho trabalhado pesado. Pesadíssimo. E tendo sido essa semana um tanto movimentada na minha vida pessoal (e não estou nem reclamando!), acredito que conseguir conciliar minha rotina de escrita com tudo o que tenho feito, me deu uma boa ideia de como é ter um trabalho ~de verdade~ como escritor, ou coisa do gênero. Provavelmente voltarei a falar disso com mais calma.

E como tenho feito, aqui está o diário de escrita dessa semana:

Dia 01/07 – 2042
Dia 02/07 – 2093
Dia 03/07 – 2035
Dia 04/07 – 2024
Dia 05/07 – 2100
Dia 06/07 – 2079
Dia 07/07 – 2131
Dia 08/07 – 2267
Dia 09/07 – 2102
Dia 10/07 – 2307
Dia 11/07 – 2073
Dia 12/07 – 2045
Dia 13/07 – 2270
Dia 14/07 – 2120
Dia 15/07 – 2156
Dia 16/07 – 2329
Dia 17/07 – 2189
Dia 18/07 – 2268

Até a próxima, senhoras e senhores. E leiam a outra história, se ela tiver um bom índice de aprovação (que eu sinceramente não tenho ideia sobre como será medido), vou aumentar o ritmo de postagem dela.

Advertisements